sábado, 8 de maio de 2010

A VERDADE VIRÁ A TONA!!!!


Os assassinatos de reputações nas guerras comerciais

Confira a impressionante lista de coincidências pré e pós-Satiagraha.

Primeiro, clique aqui para entender como a estratégia de assassinatos de reputação se insere nas disputas comerciais.

Depois, confira a sucessão de tentativas de assassinato:

1. Clique aqui para os ataques que sofri da Veja logo que comecei a apontar as relações de Daniel Dantas com o chamado “mensalão”.

2. A juíza Márcia Cunha concedeu aos fundos de pensão liminar para destituir Dantas do controle da Brasil Telecom. Em seguida, foi alvo de uma tentativa de assassinato de reputação perpetrada pela Folha (clique aqui). Apenas agora, muitos anos depois, teve seu nome reabilitado pelo Tribunal de Justiça do Rio.

3. O Ministro Edson Vidigal confirma a sentença da Juíza. É alvo de tentativa de assassinato de reputação cometido pela Veja (clique aqui).

4. O delegado Paulo Lacerda reforças as investigações sobre Dantas. De herói passa a vilão, na Veja (clique aqui).

5. O juiz De Sanctis profere sentenças contra Dantas. É massacrado por meses a fio pela mídia e por Gilmar Mendes.

6. O delegado Romeu Tuma Junior consegue o bloqueio das contas do Opportunity nos Estados Unidos e sugere a utilização dos recursos no Pronasci (Programa Nacional de Segurança Pública). É alvo de um ataque, agora do Estadão, em cima de vazamento seletivo de grampos, apesar de nem o Ministério Público ter encontrado elementos para indiciá-lo. Ou seja, um grampo, que não se sabe de onde surgiu, atribuído à Polícia Federal, sem que esta confirme, é transformado em peça de acusação. E se fosse com Dantas, como o Estadão se comportaria? Ou melhor: como se comportou?

Enquanto o Poder Judiciário não entender que qualquer juiz, autoridade ou jornalista está sujeito a levar balas nesse tiroteio, não se acabará nunca com esse jogo que comprometeu a cobertura da velha mídia até a medula.

Ainda não caiu a ficha do Judiciário que a próxima vítima será o juiz que desagradar integrantes do jogo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

se não tem nada a contribuir não escreva!

Postar um comentário